AMORFOS

          Os amorfos são uma tentativa de conferir alguma beleza aos horrores viscerais que povoam nossa existência. Uma demão de verniz em toda nossa hipocrisia e decadência. É a pretensão de pertencer a algo nem que seja por sua feiura e indiferença. É com essa série que me contradigo, ergo um brinde ao próprio umbigo e transformo o que poderia ser arte na mais banal ofensa.

          Trecho de Poema ao Leitor (Charles Baudelaire)

          “Se o veneno, a paixão, o estupro, a punhalada

          Não bordaram ainda com desenhos finos

          A trama vã de nossos míseros destinos,

          É que nossa alma arriscou pouco ou quase nada."

Heteronímia_Pro_06 Low.jpg

"Amorfos 01", 2021

Pintura digital

30 X 21 cm

Heteronímia_Pro_04 Low.jpg

"Amorfos 02", 2021

Pintura digital

30 X 21 cm

Heteronímia XVIII.jpg

"Amorfos 03", 2021

Pintura digital

30 X 21 cm

HeteronímiaXVI.jpg

"Amorfos 04", 2021

Pintura digital

30 X 21 cm

Heteronímia_Pro_02 Low.jpg

"Amorfos 05", 2021

Pintura digital

30 X 21 cm

Heteronímia_Pro_03 Low.jpg

"Amorfos 06", 2021

Pintura digital

30 X 21 cm

Heteronímia XX_edited.jpg

"Amorfos 07", 2021

Pintura digital

30 X 21 cm

HeteronímiaXIX.jpg

"Amorfos 08", 2021

Pintura digital

30 X 21 cm